29/09/2012

Tarta de Natas e um aniversário

Parece que foi ontem que decidi começar a escrever um blog. Queria ocupar algum do tempo livre que tinha a fazer algo de construtivo, e pensei que nada melhor do que juntar o útil ao agradável, vou criar um blog de cozinha onde possa descrever as minhas receitas preferidas e partilhá-las com quem quiser aprender e assim também poder passar as minhas receitas a familiares e às próximas gerações. Como tudo, o meu blog foi crescendo...mas muito, muito devagarinho. No entanto, fui aprendendo com outros sites, blogs, bloggers e livros, novas técnicas, receitas e ingredientes que nunca tinha ouvido falar e felizmente que ainda continuo a aprender, pois o mundo da gastronomia tem tanta coisa por descobrir e inventar. Mas queria agradecer a todos que por aqui passam e que de uma forma ou de outra contribuem também para este blog, seja pelas mensagens carinhosas e de incentivo que aqui deixam, seja pelos números que consigo ver de visitantes a todos o meu MUITO OBRIGADO por me permitirem chegar ao meu 3º aniversário neste universo, apesar de que no último ano e meio de existência do blog, as publicações se contarem pelos dedos das mãos. A vida leva a que por vezes tenhamos de fazer escolhas e o tempo que temos tem de ser bem gerido e pesado, por forma a canalizá-lo da melhor forma e não tem sido muito canalizada aqui para estes lados.

E hoje trago um clássico que habita por muitas festas de aniversário, em quase todos os restaurantes e que em alguns lares também dá um ar da sua graça no Natal. Isto porque uma amiga minha já me tinha pedido a receita à uma eternidade e eu quis satisfazer-lhe o pedido, pode ser que também passe a habitar na sua mesa de doces no Natal.

Ingredientes:

- 7 bolachas Maria
- 2 claras de ovo (opcional)
- 600 ml de natas gordas (mínimo de 35% de gordura)
- 200 gr. de leite condensado (metade de uma lata de tamanho normal)
- 3 folhas de gelatina
- 6 colheres de sopa de água


Modo de preparação tradicional:

1º Passo: Triture as bolachas com a ajuda de uma varinha mágica (ou outro utensílio) até ficarem em pó. Reserve. Batas as claras em castelo e reserve.

2º Passo: Batas as natas até ficaram bem firmes, adicione o leite condensado aos poucos e sem parar de bater a mistura.

3º Passo: Parta as folhas de gelatina ao meio e coloque 6 colheres de sopa de água. Deixe as folhas ensoparem durante cerca de 5 minutos. Em seguida leve ao microondas por poucos segundos (9-12 seg.) a uma temperatura baixa e mexa muito bem com a ajuda de uma colher. Volte a colocar no microondas e deixe por mais uns breves segundos. Se achar necessário junte mais um pouco de água, por forma a que as folhas de gelatina se dissolvam e obtenha um liquido viscoso.

4º Passo: Adicione aos poucos a mistura da gelatina às natas com a batedeira em funcionamento e misture tudo muito bem. Envolva as claras que reservou à mistura preparada em movimentos suaves de baixo para cima e com a ajuda de uma colher de metal. Coloque numa forma com fundo ou aro amovível de 23 cm. Espalhe a bolacha maria ralada por cima e leve ao frigorífico por um minímo de 4 horas.


Eu decorei com groselhas, pois acho que a combinação é perfeita, para além de que numa mesa de Natal ficar super bem.

Notas: Eu uso leite condensado que é super mega doce, por isso se metade de uma lata não fôr suficiente para os mais gulosos, aconselho a provarem a mistura e se acharam necessário adicionem mais leite condensado. Eu prefiro usar claras na preparação desta receita pois dá uma consistência mais espumosa. Se o tempo no microondas não fôr suficiente deixe por mais tempo, mas não se esqueça de vigiar atentamente.

Imprimir

30 comentários:

  1. Esta tarte ficou espectacular,....parabéns pelos 4 anos de existência do blog,...que venham mais,...
    Beijinhos
    www.strawberrycandymoreira.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Allo Mary! Que bom ver-te por aqui. Muito obrigada.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada Luisa. Alegra-me sempre ver-te por aqui querida.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Hmm que optimo aspecto, adoro este tipo de semifrios.. já não como há anos agora fiquei com muita vontade. Descobri o teu blog à pouco tempo mas quero desde já dar-te os meus sinceros parabéns. Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marmita. Eu tambem sou uma fa do teu blog, sempre que posso vou la espreitar. Se bem que nos ultimos 2 anos tem sido complicado.

      Beijinhos

      Eliminar
  4. fico contente por ter noticias ;)
    adorei esta tarte uma verdadeira maravilha!
    um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Lili querida...tenho ja de ir espreitar o teu blog. Obrigada.

      Beijinhos

      Eliminar
  5. Muitos parabéns pelo aniversário, espero que muitos mais venham ai.
    A tarte de natas é um clássico mas há muito tempo que não como.
    Um beijinho e bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gisela,

      E sempre bom recordar-mos os classicos, para nunca esquecer-mos as receitas que nos deliciaram enquanto criancas.

      Beijinhos

      Eliminar
  6. Adoro tarte de natas, nem sei há quanto tempo não como...
    Deste-me vontade de fazer :)
    Parabéns e espero que continues a dar muita vida ao blog!
    Bjinhoos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patricia,

      Sempre com palavras carinhosas e de incentivo, muitissimo obrigada.

      Beijinhos

      Eliminar
  7. O meu tb fez 4 anos este ano :)... Parabéns, e que venham muitos mais :)
    Ficou fabulosa essa tarte, mesmo apetitosa!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo passa mesmo a correr Xana. Que conte-mos muitos e bons.

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Muito fixe....e mts mts parabéns pelos 4 anos de blog...os primeiros de muitos. Obrigada por todas as tuas partilhas e por também contribuires com as tuas receitas. Felizmente existem pessoas como tu...que nos transmitem os conhecimentos, as receitas, dão dicas e sugestões, para que sejam um sucesso dos tachos até à mesa.
    Obrigada mais uma vez, e continua publicandos as tuas aventuras culinárias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Frisalis pelo comentario lindo que aqui deixas-te as tuas palavras contam e muito para que este blog continue vivo e para que as receitas sejam sempre melhores.

      Beijinhos

      Eliminar
  9. SOU DOIDA POR NATAS LOGO ESSA TARTE ME AGRADA, SÓ TROCAVA O LEITE CONDENSADO POR IOGURTES NATURAIS.
    PARABÉNS PELO ANIVERSÁRIO DO BLOG, ENCONTREI-O Á POUCO MAS GOSTEI MUITO.
    BOA SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo a troca Sao, fica bem mais saudavel...Mas os gulosos ca de casa querem e com leite condensado.

      Muitos beijinhos e obrigada.

      Eliminar
  10. Esta tarte é uma delícia. Já não como há um tempão :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que fixe ver-te por aqui Ameixinha. Obrigada pelo comentario querida.

      Beijinhos

      Eliminar
  11. Muitos parabéns pelo blog e pelas magnificas receitinhas que nos apresenta, estive a cuscar e gostei :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Alcina,

      Muito obrigada pela visita e por teres gostado.

      Beijinhos

      Eliminar
  12. Muitos parabéns pelo aniversário do blogue e pela magnífica tarte apresentada, pois de aspecto é divina e de sabor, sublime!
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hello Lia,

      Bigada pela visita e pelo delicioso comentario.

      Muito obrigada querida. Beijos

      Eliminar
  13. Muitos parabéns (um pouco atrasados), o que importa é vir quando dá prazer! A receita e as fotos estão lindas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais nada Argas, mas vale tarde do que nunca. Bigada pelo tempo dispensado.

      Beijinhos

      Eliminar
  14. Uma boa tarte de natas com elas bem frescas é uma sobremesa que quase ninguém recusa :) Um clássico, e como tal, sabe sempre bem. Parabéns pelo aniversário do blog!

    ResponderEliminar
  15. Esta tarte é encantadora...parabéns pelo teu blog...é espectacular...

    ResponderEliminar
  16. Obrigada M pelo comentario. Fico agradecida pelo texto que escreveste.

    Muito obrigada

    ResponderEliminar

Agradeço a todos o tempo que disponibilizaram para deixar uma mensagem neste cantinho! Pois nem só de publicações vive um blog.