23/02/2011

Crepes de Leite de Côco e Espargos

Agradeço a todos os que me têm enviado mensagens ou e-mails a perguntar o que se passou comigo. Infelizmente, a vida atribulada e stressante dos dias de hoje, por vezes não nos dá tempo nem disponibilidade para fazermos as coisas que mais gostamos. No entanto, eu nunca me esqueci deste cantinho nem quem por aqui passa, de uma maneira ou de outra, estão sempre presentes no meu pensamento. E este blog faz tanto parte de mim como de quem por aqui passa.

Agradeço a todos os que por aqui passam e deixam uma palavra amiga ou de conforto, é importante sentirmos o apoio dos outros para continuarmos a fazer aquilo que nos dá prazer. Posso-vos dizer que ainda vou conseguir publicar algumas receitas, mas depois não sei se vou estar ausente muito ou pouco tempo, pois vai depender de muitos factores, os quais eu não tenho controle.

Os blogs sobre gastronomia continuam a crescer a uma forma surpreendente o que nos revela que a paixão pela comida é partilhada por muitos, espero que assim continue, pois o importante é partilharmos os nossos conhecimentos e receitas, mas é com pena que também vejo que muitas receitas não possuem fonte ou referência. Por vezes até podem vir de inspiração própria, mas nem isso é escrito na publicação, assim como algumas pessoas usam fotos e textos de outros blogs sem nunca mencionarem de onde extraíram tal informação, ficando a pensar que quem por lá passa que é tudo obra do autor do blog. Infelizmente, tal não se pode controlar e tem de se aprender a viver com isso. Por isso valorizo muito quem tem um blog e faz publicações constantemente, quem por cá anda a sério sabe que isto dá mais trabalho do que aquilo que parece e apesar de o fazermos por gosto e prazer é triste vermos o nosso trabalho ser usado pelos outros sem nenhuma menção.


Ingredientes para a massa:

- 4 colheres de sopa de farinha sem fermento
- 100 ml de leite de côco
- 3 ovos médios
- 1 colher de sobremesa de paprika
- 1 colher de sobremesa de mistura de flores secas
- 1 pitada de noz-moscada
- 2 colheres de sopa de óleo
- 1 colher de chá de alho em pó
- 4 cebolos finamente picados (spring onion)
- 1 dente de alho picado finamente
- 6 cogumelos portobello médios laminados finamente
- Sal q.b.
- Pimenta preta moída na hora q.b.

Ingredientes para o recheio:

- 20 Espargos (cozidos a vapor durante 8-10 minutos)
- 50 gr. de parmesão
- 4 colheres de sopa de iogurte grego

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Peneire a farinha para uma taça e junte os restantes ingredientes para a massa dos crepes, excepto o óleo, o cebolo e cogumelos, e misture tudo muito bem com a ajuda de uma vara de arames.

2º Passo: Mergulhe um papel de cozinha no óleo e passe numa frigideira anti-aderente quando estiver bem quente. Deite 1/4 da massa dos crepes na frigideira e por cima deite uma parte do cebolo e cogumelos, quando a parte de baixo estiver dourada, vire o crepe, deixe passar durante 1-2 minutos. Retire para um prato e reserve num local quente. Polvilhe com um pouco do parmesão ralado.

3º Passo: Passe novamente com o papel de cozinha que tinha mergulhado previamente no óleo na frigideira e coloque mais um pouco de massa, repita todo o processo anterior até terminar com todos os ingredientes.

4º Passo: Rechei os crepes com 5 espargos cada um, por cima coloque uma colher de sopa de iogurte, polvilhe com queijo parmesão ralado. Enrole os crepes e por cima disponha mais queijo parmesão ralado. Sirva de imediato.

Esta massa para crepes salgados é excelentes com outros recheios, é super leve e mega saborosa. Aconselho a experimentarem com aproveitamentos de frangos assado.

Fonte: Receita adaptada da Revista Good Food Magazine, Abril de 2010.

16 comentários:

  1. Espero que, sempre que possas e dentro da tua disponibilidade, consigas ir colocando as tuas receitas que tanto gosto de ver.

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Diferente esse crepe, imagino o sabor, eu adoro leite de coco, bjs
    Maura

    ResponderEliminar
  3. Minha querida, fico aguardar o teu regresso em força, até lá só posso desejar-te tudo de bom.

    Um crepe com uma massa bem diferente.Gostei.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Querida Cacahute,

    Que bom voltar a ler-te! Como eu entendo perfeitamente este teu discurso. Adorei a tua receita de crepes e fiquei intigada com a mistura de flores secas!! De qualquer modo, vou experimentar e seguir também a tua sugestão com recheio de frango, que deve ser extraordinária!
    Aguardo as tuas sempre saborosíssimas receitas, mesmo que estas não sejam publicadas com assiduidade e desejo que o motivo para a tua eventual ausência seja algo de Muito Bom para a tua Vida! :)
    Um grande beijinho amigo.

    ResponderEliminar
  5. Adorei esta receita de crepes e vou levá-la para fazer um dia destes, aproveito e deixo um beijinhos de força, visito-te pela primeira vez e vou ficar seguidora.

    ResponderEliminar
  6. Olha a minha linda Cacahuete voltou!
    Estranhei a tua ausência mas sabia-te hiper ocupada pelo que não me preocupei em demasia.
    Espero que tudo esteja a serenar e que voltes a reencontrar o equilibrio necessário para não te deixares ir a baixo!
    Também ando com uma atracção por crepes mas ainda não meti mãos à obra. Convidativos estão os teus. Também gosto imenso de espargos.
    Beijinhos,
    Rute

    ResponderEliminar
  7. Há blogs bons e maus blogs, infelizmente nem toda a gente tem o bom senso de referir as fontes. Eu acho essencial e ético fazê-lo :) Nunca experimentei crepes salgados mas têm muito boa cara!

    ResponderEliminar
  8. Olá, Olá,

    Ainda bem que voltas-te , já sentia saudades da tua visita e de ver as tuas receitinhas.
    Infelizmente em relação ao teu discurso sobre os blogs, cada vez mais é a realidade, fotos nossas são utilizadas e copiadas dizendo que é do próprio , as nossas receitas são usas sem dizerem a fonte, etc...
    Enfim, gostei de ter ver, ehehhe, bjs

    ResponderEliminar
  9. Uma excelente sugestão que combina na perfeição, bjs.

    ResponderEliminar
  10. Que alegria volver a verte cariño!!!!
    Se quees dificil seguir la vida y llevar un blog, por eso tranquila...que yo estoy aqui esperandote..tardes lo que tardes en volver a publicar!!!!!
    Tus crepes son deliciosas y me dan muchas ganas de hacerlas!!!!
    Me alegro de reencontarte, y es verdad!, has visto cuantos somos ya en la blogosfera?..yo ya no puedo controlar todas las visitas que hago!!!!
    Mil besos y vuelve pronto!!!

    ResponderEliminar
  11. nem sempre e facil manter um blog. eu sei linda. ams quando vens deixas-me sempre com fome:-)
    eijinhos

    ResponderEliminar
  12. Oi querida
    Você fez muita falta!
    Fico feliz por ter gostado da tua receita que fiz la' no Cucchiaio! Faço sempre, pois é realmente ótima!
    Adorei essa crepe, pois gosto muito de espargos.
    Um grande abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  13. Gosto sempre imenso de te ver de volta :), tens um canto que me encanta...
    No seguimento da tua conversa, ainda esta semana me aconteceu, ver uma receita minha num blog k se "esqueceu" de onde a tinha tirado.. É claro que nem me dei ao trabalho de responder... Enfim, temos de lidar com gente boa e gente má, é como tudo na vida.
    Vai aparecendo sempre k possas querida :)...
    Adorei os crepes..
    um beijo grande

    ResponderEliminar
  14. olá, fico contente de te "rever".
    Concordo com as tuas palavras, e para além disso isto não é uma obrigação...temos que fazer quando pudemos...quando nos apetecesse.
    Adorei os teus crepes...
    bjssss

    ResponderEliminar
  15. Seja bem vinda de novo! Calculo pelo seu desabafo, que algo a desgostou. Infelizmente "anda meio mundo a enganar o outro meio", como costuma dizer-se. Mesmo assim, quero acreditar que as pessoas sérias são mais do que as falsas. Estas acabam sempre por ser desmascaradas.
    Quanto à receita que hoje partilha connosco, fiquei surpreendida com "as flores secas". Já vi flores secas comestíveis nas saladas, mas secas, nunca tinha ouvido falar e fiquei curiosa. Onde é que compra e que marca?
    Esta massa de crepes é bem original e deve ser muito gostosa. É uma receita a experimentar. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar

Agradeço a todos o tempo que disponibilizaram para deixar uma mensagem neste cantinho! Pois nem só de publicações vive um blog.