23/11/2010

Tofu com feijões no forno

Nada como uma refeição vegetariana para variar a carne e o peixe. O tofu se fôr muito bem temperado proporciona refeiçãos saborosas e nutritivas, eu sei que nem sempre é fácil  encontrar receitas com tofu que agradem a todos à volta de uma mesa, mas a experiência e a procura de novas receitas pode mudar tudo isso. Eu costumo pensar no prato só com vegetais em que os mesmos são frescos, saborosos e bem temperados e depois é que tento introduzir o tofu, para que o mesmo não seja o rei da refeição no ínicio mas que o acabe por ser, pois os vegetais e especiarias usadas irão de certa forma realçar o seu sabor e aos poucos conquistar o paladar dos mais resistentes. 


Ingredientes:

- 250 gr. de tofu orgânico
- 400 gr. de cogumelos frescos
- 100 gr. de espinafres
- 1 lata de polpa de tomate
- 1 lata de feijão encarnado
- 1 cebola
- 3 dentes de alho
- 1 colher de sopa de paprika
- 1 colher de chá de caril
- 3 colheres de sopa de tahini
- 2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
- 1 colher de sopa de molho de soja
- Pimenta preta moída na hora
- 1 pitada de noz-moscada
- 100 gr. de queijo creme para barrar com alho e ervas
- 3 crakers esmigalhados em pó

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Seque com papel de cozinha o tofu de maneira a retirar a maior parte do líquido. Corte o tofu em cubos com cerca de 1.5 cm. Tempere o tofu com a paprika, caril, tahini, molho de soja, pimenta preta e noz-moscada. Coloque num saco de congelação e deixe a marinar por 30 minutos no mínimo. O ideal é de um dia para o outro.

2º Passo: Numa frigideira coloque as 2 colheres de sopa de azeite, leve ao lume. Quando estiver quente adicione os alhos picados finamente salteie, adicione a cebola cortada em rodelas, quando a cebola estiver dourada junte os espinafres deixe a cozinhar por 2-3 minutos. Pré-aqueça o forno a 200 ºC.

3º Passo: Adicione os cogumelos saltei por 4-5 minutos. Junte o tofu, a marinada e a polpa de tomate, deixe cozinhar por 5 minutos. Adicione os feijões e deixe a cozinhar por mais 3-5 minutos.

4º Passo: Coloque o preparado num recipiente refráctario espalhe o queijo creme por cima e polvilhe com os crakers. Leve ao forno durante 20 minutes.


Notas:
O tahini é uma pasta feita de sementes de sésamo que se pode encontrar à venda em grandes superfícies ou em lojas de produtos importados.
Se o molho de tahini for muito espesso adicione 1-2 colheres de sopa de água quente para ajudar a dissolver.

20/11/2010

Bolo de Amoras e Amêndoas para o 3º Aniversário do Tertúlias de Sabores

Hoje comemora-se o 3º Aniversário do blog Tertúlias de Sabores, se ainda não conhecem este blog andam a perder muita receita boa e fotos excelentes, são 3 anos de grande qualidade culinária. Posso dizer que já aprendi muito com a Moira, tanto a nível culinário como a nível cultural, onde a comida e a história andam lado a lado e como alguns costumes, histórias e tradições estão ligados à volta das nossas mesas sem muitas vezes nos apercebermos ou nos questionar-mos sobre tal.


O tema deste ano é: "Hoje a Moira vem jantar...", no início queria ter feito uma entrada ou prato principal, mas o tempo para me aplicar neste tipo de refeições tem sido curto e como tal decidi-me por uma sobremesa, já que os desejos por doces nos últimos tempos por estes lados tem andado em alta.

Ingredientes para o bolo:

- 200 gr. de manteiga à temperatura ambiente
- 125 gr. de açúcar amarelo
- 175 gr. de farinha com fermento
- 75 gr. de farinha de amêndoas
- 2 ovos mais 4 gemas
- 4 colheres de sopa de leite

Ingredientes para o merengue:

- 4 claras de ovos
- 75 gr. de açúcar amarelo
- 3 colheres de sopa de amêndoas laminadas

Ingredientes para o recheio:

- 1 pacote de natas com um minímo de 35% de gordura
- 150 gr. de amoras + 50 gr. para decoração
- 1 colher de sopa de açúcar amarelo

Modo de Preparação na Bimby:

1º Passo: Barre com manteiga e coloque uma folha de papel manteiga numa forma com 20 cm de diâmetro. Pré-aqueça o forno a 160ºC.

2º Passo: Coloque todos os ingredientes para o bolo no copo da bimby e misture tudo muito bem até estar bem ligado. Cerca de 1 min., Vel. 4. A meio do tempo se fôr necessário baixe os ingredientes no copo. Coloque a massa do bolo na forma

3º Passo: Prepare o merengue batendo as claras em castelo, quando começarem a ficar consistentes adicione o açúcar aos poucos, até ficar bem espesso e brilhante. Espalhe o merengue sobre a massa do bolo, por cima polvilhe com as amêndoas laminadas e leve ao forno durante 1 hora. Nos primeiros 40 minutos coloque uma folha de papel de alumínio por cima da forma, nos restante 20 minutes retire a folha de papel de alumínio e deixe o merengue ganhar côr.

4º Passo: Retire o bolo e deixe-o arrefecer completamente em cima de uma grelha. Quando o bolo estiver frio com uma faca divida o bolo em dois, primeiro pode marcar à volta do bolo com  a faca e só depois é que faz o corte seguindo a linha que fez à volta para sair tudo certinho.

5º Passo: Bata as natas até estarem bem firmes e envolva as amoras cuidadosamente. Recheio o bolo com as natas decore com as amoras que reservou.

Espero que a Moira aprecie este rico e delicioso bolinho.


Fonte: Receita adaptada da revista "Good Food Magazine, Agosto 2008".

Notas: Pode dividir a massa do bolo em duas formas com o mesmo diâmetro a que levar o merengue leve ao forno por 40 minutos e a forma só com a massa durante 30 minutos.


15/11/2010

Moussaka

Depois de à uns tempos atrás ter visto imensas moussakas a desfilarem pela blogesfera fiquei com uma vontade louca de fazer e comer uma moussaka. Gosto das versões vegetarianas mas para mim a melhor é sem dúvida com carne de carneiro. O sabor forte desta carne dá um toque e característica especial à moussaka.



Ingredientes (4 pessoas):

- 500 gr. de carne de carneiro
- 2 beringelas grandes
- 1 cebola grande
- 4 dentes de alho
- 2 latas de tomate em polpa
- 100 ml de vinho tinto de boa qualidade
- 1 colher de café de canela
- 1 colher de sobremesa de menta fresca picada finamente
- 2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
- Sal grosso q.b.
- Pimenta preta moída na hora q.b.
- 100 gr. de queijo parmesão ralado na hora
- 600 ml de molho bechamel
- Azeite em spray q.b.


Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Corte as beringelas em fatias fininhas de 6-8 mm de espessura. Polvilhe-as com sal e deixe-as a repousar durante 30 minutos. Passado este tempo, lave em água abundante e seque-as muito bem com papel de cozinha. Pré-aqueça o forno a 200 ºC.

2º Passo: Coloque as rodelas de beringela num tabuleiro pulverize com azeite e leve-as ao forno durante 10-15 minutos, não se esquecendo de as virar a meio do tempo. Retire-as do forno e reserve.

3º Passo: Numa panela bem grande coloque as 2 colheres de sopa de azeite e leve ao lume até aquecer. Adicone os alhos picados finamente e deixe-os cozinhar por alguns segundos, adicione a cebola picada finamente e deixe cozinhar até estar dourada.

4º Passo: Adicione a carne mexa durante 1-2 minutos, junte o sal, pimenta preta, canela e menta picada. E deixe cozinhar muito bem em lume médio durante 8-10 minutos. Adicione a polpa de tomate e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Junte o vinho e deixe ao lume por mais 10 minutos, tendo o cuidado de mexer de vez em quando para não pegar.

5º Passo: Pulverize um recipiente refráctario com azeite, por cima disponha uma camada de beringelas, no topo coloque uma parte da carne, volte a repetir o processo mais 2 vezes. No fim regue com molho bechamel polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno durante 20-25 minutos ou até estar bem dourado. 


Fonte: Inspirei-me na colectânia de receitas de moussaka que vi na altura, não usei nenhuma em específico.


Imprimir

12/11/2010

Crumble de Ruibarbo e Morangos

Adoro crumble de tudo e mais alguma coisa. Acho delicioso podermos pegar em fruta e combiná-la desta forma deliciosa. Para além de ser uma forma de os mais esquisitos com fruta a consumirem sem refilarem.


Ingredientes:

- 250 gr. de ruibarbo
- 250 gr. de morangos
- 85 gr. de farinha sem fermento
- 40 gr. de açúcar amarelo + 4 colheres de sopa rasas
- 50 gr. de manteiga à temperatura ambiente
- 35 gr. de farinha de amêndoa
- Sumo e raspas de uma laranja pequena (optional)
- 2 colheres de sopa de nozes picadas grosseiramente


Modo de Preparação na Bimby:

1º Passo: Pré-aqueça o forno a 200 ºC. Coloque num recipiente refráctario os morangos cortados ao meio ou em quartos se  foram muito grandes, o ruibarbo com cerca de 2 cm de comprimento, 4 colheres de sopa rasas de açúcar amarelo e o sumo da laranja (optional). Leve ao forno durante 25-30 minutos, não se esquecendo de dar a volta à fruta a meio do tempo.

2º Passo: Entretanto coloque no copo da bimby as farinhas e as 40 gr. do açúcar amarelo. Programe 1 min., Vel. 3. Adicione a manteiga e as raspas da laranja e programe 1 min., Vel. 3 ou até obtêr uma farofa.

3º Passo: Espalhe a farofa por cima da fruta, polvilhe com as nozes e leve ao forno por mais 25 minutos, até a farofa estar bem dourada e a fervilhar. Retire do forno deixe repousar durante 5 minutos. Poderá servir com farinha custarda ou com gelado de baunilha ou nata regado com os sucos da fruta.



Fonte: Receita adaptada da Revista Good Food Maio 2005.

10/11/2010

Esparguete ao alho

Antes de mais quero agradecer a todos os que por aqui tem passado e comentado. Agradecer também às pessoas que me alertaram que o meu blog não estava a ser visualizado como devia de ser. Atendendo aos e-mails e mensagens de alerta que recebi, pedi ajuda ao meu querido Monstro das Bolachas, que me preparou este lindo e simples layout, a ele o meu muito obrigado.


Esta receita é super, mega simples, rapidissima e é um excelente acompanhamento.

Ingredientes (1 pessoa):

- 100 gr. de esparguete
- 2 dentes de alho
- 1 colher de sobremesa de azeite extra-virgem

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Coza o esparguete de acordo com as instruções do fabricante. Pode adicionar um copo de água fria para parar a cozedura do esparguete antes de desligar o fogão. Escorra o esparguete depois de cozido.

2º Passo: Fatie os alhos finamente e reserve. Leve uma frigideira ao lume com o azeite quando estiver quente adicione os alhos fatiados e saltei muito bem, quando começarem a ficar passados junte o esparguete e misture tudo muito bem durante 2 minutos.

3º Passo: Retire de lume e sirva de imediato.


Imprimir

03/11/2010

Risotto cremoso de beterraba

Em momentos em que a crise em ferro ataca nada melhor do que preparar refeições que incluam este elemento. Para tal a beterraba é uma das hortaliças mais ricas em ferro, e foi o ingrediente de eleição para preparar este maravilhoso risotto.

A beterraba odiada por muitos e apreciada por poucos, necessita de uma preparação mais cuidada e elaborada para que as pessoas apreciem este alimento em pleno que tanto bem faz à saúde.

Ingredientes para 4 pessoas:

- 3 beterrabas de tamanho médio
- 3 colheres de sopa de azeite extra virgem
- 1 colher rasa de sopa de manteiga, mais extra
- 1 cebola média
- 3 dentes de alho
- 500 gr. de risotto ou arbório
- 150 ml de vinho branco seco
- 1000 ml de caldo de vegetais (mais ou menos)
- 150 ml de natas azedas (faz toda a diferença neste prato)
- 100 gr. de queijo parmesão
- 6 colheres de sopa de coentros picados
- Sal q.b.
- Pimenta preta moída na hora q.b.
- 1 colher de sopa de flores e especiarias secas

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Pré-aqueça o forno a 200º C. Utilizando umas luvas de cozinha pele e corte em cubos de 2 cm as beterrabas. Disponha num pirex e tempere com 1 colher de sopa de azeite, sal, pimenta preta e a colher de sopa de flores e especiarias secas. Misture tudo muito bem. Leve ao forno durante 1 hora.

2º Passo: Leve ao lume uma panela com fundo grosso e coloque as 2 colheres de sopa de azeite e manteiga ao lume até aquecerem. Adicione os alhos picados finamente e deixe cozinhar por alguns segundos, adicione a cebola picada finamente e deixe cozinhar por 2-3 minutos.

3º Passo: Adicione o risotto ou arborio, envolva-o muito bem no azeite, cebola e alhos e deixe cozinhar por 3-5 minutos ou até o risotto começar a abrir. Jogue o vinho por cima do risotto mexa bem e deixe cozinhar em lume brando-médio durante cerca de 4-5 minutos.

4º Passo: Vá adicionando o caldo de vegetais aos poucos e mexa com uma colher de pau. Repita este processo a cada 5 minutos, até um total de 15 minutos. Apenas adicione o caldo necessário para o risotto ficar al dente, isto implica que poderá utlizar mais ou menos do que o 1L.

5º Passo: Retire as beterrabas do forno e reduza-as a um puré grosso. Adicione a beterraba ao risotto e incorpore muito bem. Junte 80 gr. do parmesão ralado misture, adicione uma noz de manteiga, sal se achar necessário, pimenta preta e misture tudo muito bem.

6º Passo: Retire do lume, coloque o risotto em pratos pré-aquecidos no forno (aproveite o calor que provêm do forno depois de o ter desligado para cozinhar a beterraba). Polvilhe com parmesão, coloque uma colher de sopa bem generosa no meio do prato, polvilhe com os coentros e sirva de imediato.


Fonte: Receita adaptada da Revista Good Food magazine.

Notas:
Em vez de levar a beterraba ao forno poderá cozê-la em água a ferver durante 20-25 minutos e aproveitar essa água para o risotto.
Se não tiver caldo de vegetais, poderá dissolver um caldo de vegetais em 1 L de água a ferver. Neste caso, não se esqueça de reduzir a quantidade de sal da receita.
Poderá substituir as natas azedas por iogurte natural grego.


01/11/2010

Croissants de Pastelaria


Foi a primeira vez que me aventurei a fazer croissants e a preparar massa folhada do nada. Foi bem mais fácil e rápido do que eu estava a espera. Já repeti estes croissants cá por casa mais algumas vezes, e posso dizer que são sempre um sucesso garantido e a receita resulta sempre. Vale bem a pena o trabalho, para além da quantidade de manteiga ser bem menor do que a maioria dos que se vendem nas grandes superfícies. Apesar da receita ser bem grande não se deixe intimidar e tire uma tarde ou manhã para fazer estes magníficos croissants, por certo não se irá arrepender e entre os tempos de espera poderá sempre ir fazendo outras coisas.

Ingredientes (rende entre 10 a 12 croissants médios):

- 500 gr. de farinha T65 mais extra para polvilhar
- 30 gr. de fermento fresco de padeiro
- 100 ml de leite morno
- 1 colher de café de sal grosso
- Raspas de meia laranja ou limão (optional, apenas recomendo se fôr consumir os croissants com compotas ou geleias em que o sabor do limão ou laranja combinem)
- 75 gr. de açúcar granulado branco
- 100 gr. de margarina mais 50 gr. para dar as voltas à massa
- 2 ovos médios

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Deite as 500 gr. de farinha num alguidar e abra uma cova no meio. Na cova que abriu deite o fermento esfarelado, o leite morno e amassa tudo muito bem com metade da farinha que esta dentro do alguidar.

2º Passo: Incorpore o resto da farinha à massa e amasse durante alguns minutos até obtêr uma bola tosca, dê 2 golpes em cruz e deixe a levedar durante 10-15 minutos.

3º Passo: Junte o açúcar, raspas de limão ou laranja (optional) os ovos e amasse tudo bem até estar tudo muito bem ligado. Junte as 100 gr. de margarina derretida e amassa muito bem até estar tudo muito bem ligado e a massa se descolar do alguidar onde amassou.

4º Passo: Faça uma bola com a massa, polvilhe com farinha, cubra com um pano e deixe a levedar num local morno durante 1h30-2h00, até duplicar o tamanho.

5º Passo: Coloque a massa numa superfície enfarinhada e volte a amassá-la por 3-4 minutos. Molde a massa em forma de bola, polvilhe-a com farinha e estenda-a com a ajuda de um rolo de massa sobre a mesa, até formar um rectângulo com 40 cm x 25 cm e 1 cm de espessura. Sempre que fôr necessário polvilhe a massa e o rolo da massa com farinha para ajudar à massa a não se pegar.

6º Passo: Amoleça ligeiramente 50 gr. de margarina (não deixe a margarina derreter) para facilitar a sua introdução na massa. Com os dedos ou a ajuda de uma espátula espalhe a manteiga sobre a massa, sem chegar aos bordos. Deverá deixar uma margem de cerca de 3 cm até aos bordos sem margarina.

7º Passo: Dobre a massa em 3 como se de uma carta de trata-se. Se achar necessário bata com a ajuda de o rolo da massa para ajudar a massa a absorver a margarina. Volte a estender a massa em rectângulo e dobre em 3 partes pelo menos mais 3 vezes. Isto é, dobre um terço da massa para dentro e cubra com a outra terça parte. Deixe a massa repousar durante 10 minutos (se efectuar esta receita no Verão deverá deixar a massa repousar os 10 minutos no frigorífico).





8º Passo: Estenda de novo a massa em rectângulo, polvilhe com farinha se achar necessário. A largura não deverá ultrapassar os 30 cm e a espessura deverá rondar os 6 mm. Com uma faca, corte a massa em triângulos compridos com a distância entre cortes com cerca de metade do seu comprimento.

9º Passo: Para cada triângulo estitque as bases, sem abrir a massa e enrole. Dê o formato de quartos de lua e coloque num tabuleiro polvilhado afastados cerca de 5 cm uns dos outros e cubra com um pano.

10º Passo: Deixe a levedar durante 1h00-1h30 até dobrarem o tamanho. Pincele-os com o ovo batido e leve a cozer a 200º C durante 20-25 minutos.

11º Passo: Com a ajuda de uma espátula retire os croissants do tabuleiro e coloque-os numa grelha para arrefecerem. Poderá guardá-los depois de frios no congelador até 1 mês.

Fonte: Teleculinária com mais de 25 anos de existência, infelizmente não sei o número nem o ano ao certo.

Nota: Nesta receita não é necessário utilizar margarina para folhados. Poderá polvilhar com açúcar ou amêndoas laminadas depois de pincelados com o ovo.