26/02/2010

Panquecas de Buttermilk e Morangos

Estas panquecas são leves, light´s e super versáteis para comer com o que fôr.
Ingredientes para as panquecas:
- 150 gr. de farinha sem fermento
- 1 colher de sobremesa de fermento
- 1 pitada de sal
- 100 ml de buttermilk
- 3 ovos médios
- 1 colher de sopa de xarope de ácer
- Óleo para cozinhar
Ingredientes para os morangos:
- 300 gr. de morangos
- 3 colheres de sopa de mel de alfarroba
Modo de Preparação:
1º Passo: Coloque os morangos e o mel num tachinho e leve a lume brando durante 5 minutos. Retire do fogão e reserve.
2º Passo: Peneire a farinha, fermento e sal para uma taça e faça um buraco no centro. Bata os ovos com o buttermilk numa taça separada e coloque a mistura no buraco do centro. Bata tudo muito bem até obter uma consistência cremosa.
3º Passo: Aqueça um pouco de óleo numa frigideira de fundo duplo e coloque algumas colheradas de massa na frigideira bem quente. Cozinhe durante 2 minutos e depois dê a volta às panquecas com a ajuda de uma espátula e cozinhe durante mais 1 ou 2 minutos, ao até estar bem dourada. Mantenha as panquecas quentes enquanto cozinha o resto da massa. Para tal, pode colocá-las no forno a um temperatura de 40 ºC.
4º Passo: Para servir, coloque umas quantas panquecas no prato de servir e coloque um colher de sopa da fruta com mel. Sirva quente.
Torne as suas manhãs mais especiais, fazendo estas panquecas para quem lhe é muito especial.
Fonte: Adaptada da Morrisons Magazine Julho/Agosto de 2008.

24/02/2010

Bolachas com chocolate e castanhas do Pará


Esta maravilhosa receita de bolachas foi retirada de um blog que é uma verdadeira delícia, a autora Leonor de Sousa Bastos tem receitas super deliciosas, tentadoras e com muito glamour. Qualquer um se perderá nas maravilhosas receitas que se encontram lá. Para quem não conhece e para quem conhece, nunca deixem ou continuem a passar por lá, porque vale mesmo a pena http://www.flagrantedelicia.com/.
Eu já fiz a versão original que podem encontrar aqui e a versão que transcrevo em baixo. Para mim a versão original é melhor, uma vez que o facto de levar chocolate de leite, confere às bolachas um sabor mais agradavél, mas a versão só com chocolate preto também não é má. Cá em casa todos adoraram e volta e meia, saem umas destas do forno. O único apontamente que tenho a fazer, sendo igualmente referenciado pela autora desta receita, é de não deixar as mesmas cozer muito, pois se passarem um pouco do ponto o sabor e textura já não será o mesmo.
Ingredientes:
- 75 gr. de manteiga amolecida (ou se preferir deixar a manteiga cá fora até atingir a temperatura ambiente)
- 60 gr. de açúcar amarelo light
- 1 ovo médio batido
- 1 pitada de sal fino
- 175 gr. de farinha com fermento
- 1 colher de café de essência de baunilha
- 1 ou 2 colheres de sopa de leite
- 150 gr. de chocolate preto picado grosseiramente (ou pepitas de chocolate preto minímo 55% de cacau)
- 50 gr. de castanhas do Pará picadas grosseiramente
Negrito
Modo de Preparação na Bimby:
1º Passo: Pré-aquecer o forno a 180 ºC. Colocar papel vegetal ou tapete de silicone num tabuleiro que possa ir ao forno. Colocar a farinha e o sal no copo e programe 30 seg., Vel.3, de modo a que a farinha fique como que peneirada. Retire a mistura para uma taça e reserve.
2º Passo: Coloque a borbolete no copo da bimby e junte a manteiga e o açúcar no copo da bimby e programe 1 min., Vel. 3, ou até obter uma massa esponjosa. Adicione o ovo e programe apenas alguns segundos.
3º Passo: Adicione a mistura da farinha com o sal e programe 2 min., Vel. 1-3 (vá aumentando a velocidade lentamente até que a farinha esteja incorporada). Junte o leite e a essência de baunilha e misture 2 min., Vel. 1-3 (até estar tudo muito bem ligado e se apresente uma massa maleável).
4º Passo: Retire a massa para uma taça e incorpore as castanhas no Pará e o chocolate. Estique a massa numa superfície ligeiramente enfarinhada até ter 0,5 cm de espessura. Corte as bolachas com a ajuda de um copo ou de um cortador com 6 cm de diâmetro. Colocar as bolachas no tabuleiro com cerca de 2 dedos de distância entre elas.
5º Passo: Leve as bolachas ao forno durante 20 minutos. Retire as bolachas do forno, deixe-as arrefecer dentro do tabuleiro durante 3 minutos e só depois, transfira-as para uma grelha. Quando arrefecerem por completa coloque-as num recipiente hermeticamente fechado.
Espero que se delicie com estas bolachas da mesma maneira que eu me delicie.

22/02/2010

Moqueca de camarão

Este Natal ofereceram-me o livro da Popota "Receitas do Mundo da Popota", o livro vem com imensas receitas fantásticas, mas não sei se o problema é da cópia que eu tenho, mas vem com imensos erros, faltam alguns ingredientes, saltam passos e etc... Mas como o que conta é ajudar, e o livro no fim de contas até é bom, porque não comprar? Aliás estas iniciativas são fantásticas e acabam por ajudar muita gente.
E esta receitinha foi retirada da pág. 107 do livro da Popota com algumas pequenas alterações e introdução de ingredientes que faltam.
Ingredientes:
- 1000 gr. de tomate sem pele e sementes
- 600 gr. de camarão tigre 20/30 descascados crus e temperados previamente
- 100 gr. de cebola
- 1 pimento verde
- 1 pimento vermelho
- 200 ml de leite de côco
- 30 ml de azeite
- 30 ml de óleo de palma ( ou azeite de dendém)
- 10 ml de sumo de limão
- 15 gr. de salsa picada finamente
- 3 colheres de sopa de coentros picados finamente
- Pimenta preta q.b. moída na hora
- Sal grosso q.b.
- 3 dentes de alho
Modo de Preparação Tradicional:
1º Passo: Leve uma frigideira bem grande ao lume com o azeite até aquecer. Refogue o alho primeiro e só depois a cebola cortada em meias luas.
2º Passo: Adicione os tomates e os pimentos cortados em cubos e deixe refogar durante 5 minutos em lume médio a baixo. Tempere com o sal e a pimenta.
3º Passo: Deite o leite de côco e deixe ferver ao de leve, durante 5 minutos, adicione o óleo de palma e deixe fervilhar por mais 4 minutos, junte o sumo de limão. Adicione os camarões e deixe-os a cozinhar durante mais 5-7 minutos.
4º Passo: Quando os camarões estiverem cozidos polvilhe com a salsa e os coentros picados finamente e sirva de imediato.

19/02/2010

Lasanha de abóbora manteiga

Esta lasanha é super saúdavel, rápida e vegetariana.
Ingredientes:
- Oregãos q.b.
- 100 ml de leite
- 500 gr. de abóbora manteiga descascada e cortada em cubos de 1 cm
- 1 cebola grande
- 30 ml de azeite
- 200 gr. de espinafres frescos
- 3 dentes de alho
- 6 placas de lasanha verde
- Noz-moscada q.b. ralada na hora
- 1 colher de chá de sementes de mostarda
- 2 mozzarellas frescas light
Modo de Preparação na Bimby:
1º Passo: Coloque os espinafres em água a ferver temperada com sal durante 10 minutos.
2º Passo: Coloque o azeite no copo da bimby e programe 3 min., Varoma, Vel. 1. Adicione a cebola e alho e pique durante 6 seg., Vel. 5. Em seguida refogue durante 3 min., Temp. Varoma, Vel. 1.
3º Passo: Coloque a abóbora no copo e programe 10 min., Temp. 100 ºC, Vel. Colher Inversa. Adicione a noz-moscada e sementes de mostarda a meio do tempo.
4º Passo: Demolhe as folhas de lasanha em água quente durante 5 minutos (isto se for necessário).
5º Passo: Adicione os 100 ml de leite e programe 20 seg., Vel. 3.
6º Passo: Colocar 2 placas de lasanha no fundo de um pirex e cobrir com a abóbora, seguida dos espinafres e uma mozzarella esfarelada aos bocadinhos por cima, volte a colocar 2 placas de lasanha e os ingredientes na ordem referida. Por último coloque as últimas duas folhas de lasanha e coloque por cima a outra mozzarella aos bocadinhos pequenos. Polvilhe com bastante oregãos.
7º Passo: Leve ao forno a 200 ºC durante 20 minutos, ou até estar gratinado.
Fonte: Receita adaptada da Olive Magazine Fevereiro de 2007.

17/02/2010

Quadrados de paixão

Comprei uma carrada de maracujás por excelente preço, no entanto, precisava de gastar alguns urgentemente, depois de alguma pesquisa fui encontrar o site http://www.exclusivelyfood.co.au/ que tem receitas fantásticas. Decidi-me por uma que lá estava e fiz muitissimo bem, pois estes quadradinhos são uma verdadeira delícia.
Ingredientes:
- 8 maracujás pequenos
- 70 gr. de açúcar em pó
- 150 gr. de farinha com fermento
- 85 gr. de côco raldo
- 125 gr. de manteiga derretida
- 100 ml de sumo de limão
- 1 lata de leite condensado (395 gr.)
Modo de Preparação Tradicional:
1º Passo: Barre levemente com manteiga uma forma de 18 x 27,5 cm e forre com papel vegetal, de modo a ficar com cerca de 2 cm acima da forma. Pré-aqueça o forno a 180 ºC.
2º Passo: Peneire a farinha e o açúcar para uma taça e misture muito bem. Junte o côco e misture até combinar bem os ingredientes. Adicione a manteiga e misture até obter uma textura granulosa.
3º Passo: Coloque a massa na forma pressionando com a ajuda das costas de uma colher. Leve ao forno durante 11-13 minutos ou até ter os bordos dourados. Retire do forno e deixe arrefecer até atingir a temperatura, enquanto prepara o topo.
4º Passo: Retire a polpa aos maracujas e misture-a numa taça com o sumo do limão e o leite condensado. Misture muito bem até obter uma massa pastosa. Disponha a massa por cima da base e leve de novo ao forno por mais 10 minutos à mesma temperatura. Retire do forno e deixe arrefecer durante 30 minutos. Tape com película aderente e leve ao frigorifico até ao momento de servir.
Fonte: Receita retirada deste magnifíco site.

15/02/2010

Falsa Panna Cotta de iogurte, cardamomo e laranja

Esta receita não se trata de uma verdadeira panna cotta, pois leva iogurte em vez de natas. O iogurte vai dar um aroma leve e refrescante, juntamente com o cardamomo e a laranja. Esta sobremesa é ideal para ser servida depois de uma refeição picante ou com caril.
Ingredientes:
- 2 folhas de gelatina incolor
- 200 ml de leite magro
- 2 colheres de sopa de mel de alfarroba
- 1 colher de sobremesa de cardamomo em pó
- 1 colher de sopa de raspas da casca de uma laranja orgânica
Modo de Preparação:
1º Passo: Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria durante 5 minutos.
2º Passo: Coloque o leite, mel e o cardamomo numa panela ao lume, e aqueça lentamente até levantar fervura. Quando começar a ferver adicione as folhas de gelatina bem escorridas e mexa até dissolvé-las. Retire a panela do lume e deixe arrefecer durante 10 minutos ou até ter atingido a temperatura ambiente.
3º Passo: Coloque o iogurte e a casca de laranja numa taça e misture o leite com a ajuda de uma vara de arames. Coloque a falsa panna cotta em pequeninos copos ou chávenas e leve ao frigorífico por um período minímo de 2 horas. Rende 4 taças pequeninas.
Fonte: Receita adaptada da Rachel Allen.

12/02/2010

Claufotis de tomate cereja

Este prato é um excelente acompanhamento, para além de ser rápidó, fácil e diferente. Ingredientes: - 400 gr. de tomates cereja - 1 colher de sopa de basilico fresco picado - 1 colher de sopa de coentros frescos picados - 1 colher de sopa de cebolinho fresco picado - 100 gr. de queijo cheddar ou gruyere - 55 gr. de farinha sem fermento - 4 ovos médios, ligeiramente batidos - 3 colheres de sopa de creme fraiche - 225 gr. de leite magro - Sal q.b. - Pimenta q.b. Modo de Preparação Tradicional: 1º Passo: Pré-aqueça o forno a 190ºC. Unte ligeiramente um recipiente refractario. Coloque os tomates no fundo do recipiente e salpique com as ervas frescas e metade do queijo. 2º Passo: Coloque a farinha numa taça. Adicione um ovo de cada vez e bata ligeiramente entre cada adição com a ajuda de uma vara de arames. Misture o creme fraiche e bata ligeiramente, lentamente adicione o leite e mexa ligeiramente até incorporar. Tempere com sal e pimenta a gosto. 3º Passo: Coloque a massa por cima dos tomates cereja, disponha o restante queijo no topo. Leve ao forno durante 40-45 minutos, ou até ter crescido e apresentar uma textura esponjosa. Se o topo ficar castanho, coloque uma folha de alumínio por cima até estar bem cozinhado. Deixe o clafoutis atingir a temperatura ambiente antes de cortar e servir. Fonte: Receita adaptada do livro "Everyday Vegetarian".

10/02/2010

Panquecas de maçã e chocolate

Este é a minha sugestão para o dia dos namorados, adorei esta receita por juntar o fruto do pecado, com a gula e sedução com que muitas vezes o chocolate é identificado. Juntos fazem a combinação perfeita para a celebração deste dia.
Apesar de eu já não fazer parte do grupo das solteiras, adoro celebrar este dia, pois é sempre uma "desculpa" para uma escapadela e para um dia romântico a dois.
Quando decidi fazer esta receita, lembrei-me de usar uma forma em forma de coração, andei atrás da forma em muitos sitíos mas só depois da receita já ter sido feita é que encontrei o que andava à procura. Enfim... acontecem coisas destas a toda a hora, seja com formas, seja com outras coisas.
Quem tem namorado, namorada, marido, mulher e por aí a fora, espero que experimente esta receita para um pequeno-almoço em grande com muito glamour e sedução.
Ingredientes:
- 225 gr. de farinha sem fermento
- 1 1/2 colher de chá de fermento em pó
- 4 colheres de sopa de açúcar branco
- 1 ovo
- 15 gr. de manteiga derretida
- 300 ml de leite magro
- 1 maçã vermelha sumarenta
- 50 gr. de raspas de chocolate preto (minímo 55 % de cacau)
Modo de Preparação Tradicional:
1º Passo: Numa tigela peneire a farinha e o fermento. Com a ajuda de uma vara de arames, incorpore o açúcar. Faça um buraco no meio e adicione a manteiga derretida e o ovo e mexa muito bem até ligar tudo.
2º Passo: Descasque e retire o caroço à massa. Rale a massa e junte-a à massa, mexendo muito bem. Por último adicione as raspas de chocolate e envolva.
3º Passo: Leve ao lume uma frigideira de fundo espesso em lume médio e unte-a ligeiramente com manteiga. Deite cerca de duas colheres de sopa de massa na frigideira e espalhe-a até ficar com cerca de 7,5 cm de diâmetro. Se preferir utilize uma forma de aro com 7,5 cm de diâmetro sem fundo.
Desfrute...
Fonte: A receita foi retirada do livro "Chocolate" Editora Parragon.
Notas: O livro sugere que se acompanhem estas panquecas com molho de chocolate, nos preferimos xarope de ácer e compotas.

08/02/2010

Massa cremosa de espinafres e cogumelos

Por estas bandas o frio teima em não se ir embora, mas como se sabe Janeiro e Fevereiro por cá são sempre os meses com mais frio. Pelo menos a neve anda escassa, o que a mim me agrada e muito, pois aqui neve é sinónimo de grandes aventuras, pois cada vez que se saí à rua parece que estou numa pista de gelo sem patins a tentar equilibrar-me o melhor possível sem correr o risco de dar um grande tralho. Por isso não é nada de admirar que nestas alturas as pessoas mais idosas não saíam de casa. Volta Verão estás perdoado...
Como já é do conhecimento de quem costuma visitar aqui o estaminé, eu sou uma grande apreciadora de massas. E devido a isso, costumo consumir pelo menos uma vez por semana um prato que inclua massas, o qual normalmente está sempre acompanhado de cogumelos, como é o caso deste.
Ingredientes:
- 400 gr. de massa à sua escolha (convém ser um tipo de massa que absorva o molho)
- 2 colheres de sopa de azeite
- 250 gr. de cogumelos cortados às fatias

- 1 colher de sopa de oregãos orgânicos

- 275 ml de caldo de vegetais

- 1 colher de sopa de sumo de limão

- 6 colheres de sopa de queijo creme

- 250 gr. espinafres frescos

- Sal q.b.

- Pimenta q.b.

Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Coza a pasta em água abundante temperada com sal, de acordo com as instruções da embalagem. Escorra a água e reserve 175 ml do liquido de cozedura.
2º Passo: Entretanto, aqueça o azeite numa frigideira larga de fundo pesado em lume médio. Adicione os cogumelos e cozinhe'os mexendo ocasionalmente, durante 8 minutos, ou até estarem bem passados. Perfume com os oregãos, caldo de vegetais e limão e deixe ao lume por mais 10-12 minutos, ou até o molho ter reduzido para metade do volume.
3º Passo: Adicione o queijo creme e os espinafres aos cogumelos e cozinhe em lume médio por mais 3-5 minutos. Adicione os 175 ml do liquido de cozedura da massa e depois a massa cozida. Envolva tudo muito bem e tempere com sal e pimenta a gosto

Notas: - Tente utilizar oregãos comprados na praça ou em locais que vendam este tipo de coisas, pois o sabor não tem nada a ver com os que se compram dentro de um frasco no supermercado.

- A massa penne é das melhores para este tipo de molho. Eu utilizei massa em forma esqueleto de búzios que comprei no Lidl numa edição especial de comida italiana e posso dizer que é um must para este tipo de molhos.

05/02/2010

Crepes recheados com fiambre e cogumelos

Esta receita e relativamente facil e rapida de fazer, e da sempre para congelar e levar ao forno quando nos apetecer. Desculpem a super ma qualidade das fotos, mas a fome era tanta, que ninguem conseguiu esperar.
Ingredientes para a massa dos crepes (rende entre 8-10 crepes):
- 130 gr. de farinha
- 50 gr. de manteiga
- 1 Ovo
- 250 ml de leite
- Sal q.b.
Ingredientes para o recheio:
- 200 gr. de fiambre
- 100 gr. de queijo emmental ou cheddar
- 200 gr. de cogumelos frescos
Ingredientes para o molho bechamel:
 
- 500 gr. de leite
- 50 gr. de farinha
- 35 gr. de manteiga
- Sal q.b.
- Pimenta preta q.b.
- Noz-moscada q.b.
- 1 colher de sobremesa de sementes de mostarda
- 1 colher de sobremesa de sementes de coentros
Modo de Preparacao Tradicional:
1 Passo: Prepare a massa para os crepes, misture todos os ingredientes numa liquidificadora e bata bem ate obter um liquido liso. Leve a aquecer uma frigideira anti-aderente e deite 3-4 colheres de sopa de massa na frigideira e espalhe a massa ate cobrir o fundo da frigideira. Toste levemente cada lado do crepe.
2 Passo: Limpe os cogumelos com uma escova macia e corte os cogumelos as fatias. Leve-os a alourar numa frigideira em lume medio. Se necessitar adicione um pouco de azeite.
3 Passo: Derreta a manteiga numa panela em lume medio, adicione a farinha peneirada, e deixe cozer sem mudar de cor. Adicione o leite de uma so vez e incorpore bem com a ajuda de uma vara de arames. Quando o molho ganhar consistencia adicione a noz-moscada, pimenta, sementes de mostarda e de coentros e o sal. Deixe apurar o molho pelo menos por mais 5 minutos.
4 Passo: Recheie os crepes, colocando molho bechamel, seguido do queijo, fiambre, cogumelos e um pouco de queijo. Enrole os crepes e disponha-os numa travessa refractaria. Quando acabar de rechear todos os crepes. Disponha por cima o restante bechamel, queijo e cogumelos. Leve ao forno durante 20 minutos a 190 C, ou ate estar tostado.

03/02/2010

Sopa de lentilhas vermelhas

Assim que bati os olhos nesta receita do magnífico blog Elvira's Bistrot sabia que tinha de fazê-la. Alias a Elvira e uma cozinheira de mao cheia, sempre com optimas e deliciosas receitas, quem nunca la passou anda a perder muita coisa. Apenas fiz umas pequeninas alterações, mas aconselho vivamenta a experimentarem a versão original.
Ingredientes:
- 1 cebola roxa
- 1 chávena de lentilhas vermelhas (usei como medida uma chávena de 235 ml)
- 1 cenoura grande
- 2 cebolos ( apenas a parte branca)
- 2 talos de aipo
- 3 dentes de alho
- 1 colher de cha de pimentao doce
- 2 batatas medias
- Sal q.b.
- 5 chavenas de caldo de legumes
- Pimenta preta moida na altura
- Mix de sementes
- Natas com pouca gordura para decorar
Modo de Preparacao na Bimby:
1 Passo: Juntar todos os ingredientes na bimby, excepto a pimenta preta e o mix de sementes. Programe 25 min., Temp. 100 C, Vel. 1.
2 Passo: Triture a sopa, 1 min., Vel. 7. Disponha a sopa nos pratos de servir, coloque um pouco de natas para decorar e por cima polvilhe com pimenta preta e o mix de sementes.
Notas: Aproveite a parte verde dos cebolos, para fazer sopas ou caldos caseiros.

01/02/2010

Xarém com Chouriço


O xarém é um prato tipíco algarvio, que nasceu apartir do aproveitamento da moagem do milho que dava uma farinha com uma granulometria mais grossa.
Ainda me lembro de ajudar a minha avó o moer o milho com uma mó antiguissima que ela ainda possui. Para mim moer milho era sinónimo de uma tarde de alegria, meter o milho pelo orificio no meio da mó e ver o milho moído a sair por todos os lados. E cada vez que ela fazia xarém eu adora comer as raspas do tacho, especialmente as queimadas, sabiam-me muito melhor do que o próprio xarém.
Este prato que vos trago é dos mais simples de fazer e para mim o mais delicioso, este prato trás as suas origens da serra algarvia, onde os moluscos e bivalves eram um alimento muito raro, sendo apenas utilizada a chouriça, a banha e o pão.
 
Ingredientes para 2 pessoas:
 
- Metade de uma chouriça vermelha pequena caseira
- 20 gr. de banha (não usei, pois para mim é muita gordura, em vez da banha utilizei 3 colheres de sopa de azeite)
- 2 fatias grandes de pão caseiro duro
- 3 "mãochinhas" de xarém ( traduzindo o termo: são 3 vezes uma mão cheia de farinha de milho)
- 1 L de água quente
- Sal q.b.
Modo de Preparação:
 
1º Passo: Leve a água a aquecer num jarro electrico ou então leve a aquecer numa panela ou tacho até estar quase a ferver.
 
2º Passo: Entretanto, corte a chouriça às rodelas e as fatias de pão aos cubos. Leve uma frigideira ao lume com a banha ou azeite, e quando estiver quente adicione as rodelas de chouriça, mexa até que a chouriça liberta uma parte da gordura em lume baixo. Assim que isso acontecer adicione as fatias de pão aos cubos e frite-as até absorverem um pouco na gordura da chouriça. Não deixe a chouriça fritar demasiado.
 
3º Passo: Coloque a água quente na panela ou tacho e adicione o sal. Mexa bem e adicione o xarém aos poucos, polvilhando a água. E mexa muito bem enquando adiciona o xarém. Após adicinonar o xarém todo continue a mexer até engrossar um pouco, neste ponto deverá adicionar a chouriça e o pão. Continue a mexer muito bem até o xarém ter engrossado o suficiente.
Retire o tacho do lume e sirva de imediato. Eu acompanhei com uma fatia de pão caseiro torrado com azeite, alhos esmagados e coentros picados finamente.


Notas:
- Este prato sabe muito melhor se for feito num tacho de barro e servido em pratos de barro.
- Depois da água estar quente o processo de fazer xarém leva no máximo para esta quantidade 15 minutos.