15/11/2010

Moussaka

Depois de à uns tempos atrás ter visto imensas moussakas a desfilarem pela blogesfera fiquei com uma vontade louca de fazer e comer uma moussaka. Gosto das versões vegetarianas mas para mim a melhor é sem dúvida com carne de carneiro. O sabor forte desta carne dá um toque e característica especial à moussaka.



Ingredientes (4 pessoas):

- 500 gr. de carne de carneiro
- 2 beringelas grandes
- 1 cebola grande
- 4 dentes de alho
- 2 latas de tomate em polpa
- 100 ml de vinho tinto de boa qualidade
- 1 colher de café de canela
- 1 colher de sobremesa de menta fresca picada finamente
- 2 colheres de sopa de azeite extra-virgem
- Sal grosso q.b.
- Pimenta preta moída na hora q.b.
- 100 gr. de queijo parmesão ralado na hora
- 600 ml de molho bechamel
- Azeite em spray q.b.


Modo de Preparação Tradicional:

1º Passo: Corte as beringelas em fatias fininhas de 6-8 mm de espessura. Polvilhe-as com sal e deixe-as a repousar durante 30 minutos. Passado este tempo, lave em água abundante e seque-as muito bem com papel de cozinha. Pré-aqueça o forno a 200 ºC.

2º Passo: Coloque as rodelas de beringela num tabuleiro pulverize com azeite e leve-as ao forno durante 10-15 minutos, não se esquecendo de as virar a meio do tempo. Retire-as do forno e reserve.

3º Passo: Numa panela bem grande coloque as 2 colheres de sopa de azeite e leve ao lume até aquecer. Adicone os alhos picados finamente e deixe-os cozinhar por alguns segundos, adicione a cebola picada finamente e deixe cozinhar até estar dourada.

4º Passo: Adicione a carne mexa durante 1-2 minutos, junte o sal, pimenta preta, canela e menta picada. E deixe cozinhar muito bem em lume médio durante 8-10 minutos. Adicione a polpa de tomate e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Junte o vinho e deixe ao lume por mais 10 minutos, tendo o cuidado de mexer de vez em quando para não pegar.

5º Passo: Pulverize um recipiente refráctario com azeite, por cima disponha uma camada de beringelas, no topo coloque uma parte da carne, volte a repetir o processo mais 2 vezes. No fim regue com molho bechamel polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno durante 20-25 minutos ou até estar bem dourado. 


Fonte: Inspirei-me na colectânia de receitas de moussaka que vi na altura, não usei nenhuma em específico.


Imprimir

23 comentários:

  1. Tão gostosas, uma pessoa come com tanto gosto estes pratos.
    Feliz semana ♥

    ResponderEliminar
  2. Adoro moussaka.
    Essa ficou super apetitosa.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Nao conhecia esse prato, achei bem interessante!
    Um abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  4. Confesso que nunca comi moussaka...mas vontade não me falta! Esta ficou com um óptimo aspecto...acho que me vou aventurar! Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  5. Allo, parece que andamos em sintonia...Há muito que andava para fazer Moussaka, mas também ainda não o tinha feito. A semana passada aventurei-me e confesso que ficou maravilhoso.
    Fiz como se fosse lasanha, colocando camadas de bringela e de carne (eu substitui a carne por soja granulada). Ficou muito bem e uma refeição super vegetariana...

    ResponderEliminar
  6. Más que apetitosa!!!...y con el cordero seguro que está de rechupete...
    Besitos

    ResponderEliminar
  7. Nunca comi carne de carneiro e também ainda não experimentei fazer moussaka, mas acho que é uma refeição que me agradaria muito :)

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito e essas tem excelente aspecto!

    E quanto à novidade...não sabia :) parabéns!

    ResponderEliminar
  9. De carne de carneiro nunca comi, só de vegetais.
    Bjsssssssss

    ResponderEliminar
  10. Eu amo Mousaka! Minha mãe sempre fez em casa e é o maior sucesso, até hoje um dos meus pratos preferidos.
    Esta sua está de dar água na boca, linda, linda!
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Para quem adora berinjela como eu, esse é um prato cheio.
    Tem um lindo e apetitoso aspecto!

    Bjuss!!!

    ResponderEliminar
  12. Recuerdo que me lo dijiste!!!, al fin la hiciste!!, y te quedó de lujo!!, maravillosa!!, se ve que te inspiraste muy bien!!
    Mil besitos preciosa y gracias por estar siempre cerca!!!

    ResponderEliminar
  13. Gostei muito desta sua sugestão de Moussaka, talvez pela recordação de uma bela viagem à Grécia, onde a provei pela primeira vez. Fiquei admirada por eles pronunciarem "muchaká"! Quando bem feito, é um prato muito apetitoso. É o caso da sua receita, que me parece ideal. Na Grécia eles usam mais a carne do cabrito, o que pode ser uma opção para quem não gosta de carneiro.
    Voltarei mais vezes. Bjs. Bombom

    ResponderEliminar
  14. Sí, yo también pienso que con el cordero debe de estar deliciosa.

    El corte se ve exquisito. Pues mira, yo tampoco hice nunca este plato y me llevo tu receta para cuando me anime.

    un beso

    ResponderEliminar
  15. Eu tb adoro moussaka, de tudo, mas de borrego fica mesmo boa! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Me encanta este plato, es uno de mis favoritos.
    Besos

    ResponderEliminar
  17. Já vi que a opinião de todos é quase igual eu já comi e faço muito borrego ou cabrito e como fizeste também nunca provei mas é uma excelente sugestão, bjs.

    ResponderEliminar
  18. Nunca comi, mas pelo aspecto deve ser muito bom. Bjs

    ResponderEliminar
  19. Que tengas un feliz fin de semana bonita!!!

    ResponderEliminar
  20. Nunca comi.........mas está com óptimo aspecto.
    Beijocas e BFS

    ResponderEliminar
  21. Gosto imenso, mas não uso curgete. Há muito que não faço aqui em casa, deste-me uma ideia excelente.
    Beijo

    ResponderEliminar
  22. Também eu tenho umas ganas de comer moussaka mas ainda não me aventurei.

    Mas...tá na lista. Quando acontecer venho tirar ideias à tua receita pois tá cum aspecto ui ui.

    Agora reparo, há qq coisa de estranho na receita... nos ingredientes tens beringelas e depois no modo de preparação tradicional, falas em courgettes?? Ora vê lá se tenho razão!?

    Té mais Linda Amendoim.

    ResponderEliminar

Agradeço a todos o tempo que disponibilizaram para deixar uma mensagem neste cantinho! Pois nem só de publicações vive um blog.