07/12/2009

Molho de Iogurte com Tomate e Menta

Este molho é uma delicia para acompanhar os hamburgueres de salmão que postei aqui ou outro tipo de fritos ou semi-fritos e saladas. Super refrescante e saboroso, recomendo vivamente a experimentarem.
Ingredientes:
- 2 tomates médios sem pele nem sementes
- 2 dentes de alho
- 3 colheres de sopa de menta fresca picada finamente
- Sal q.b.
- Pimenta preta moída na hora q.b.
- 1 pitada muito pequena de açúcar (se achar necessário)
Modo de Preparação Tradicional:
1º Passo: Triture os tomates com os alhos num liquidificador ou com a ajuda da varinha mágica. Ou se preferir corte em pedaçinhos bem pequenos o tomate e os alhos. Coloque dentro da taça onde irá servir o molho.
2º Passo: Adicione o iogurte e a menta picada à taça, misture tudo bem com a ajuda de uma colher e tempere.
E está pronto a servir... É mesmo uma delícia.

11 comentários:

  1. Parece-me que vou gostar deste molhinho!!!!

    ResponderEliminar
  2. Adoro molho de iogurte, e esta receita parece ótima!!

    ResponderEliminar
  3. hum..bem diferente e parece ser bom. beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Bem...este molhinho original deve ser super saboroso!! que delicosa sugestão de acompanhamento!!

    ResponderEliminar
  5. Acredito q seja mesmo uma delicia, o aspecto está óptimo :D
    Uma beijoca de boa semana**

    ResponderEliminar
  6. Uma delicia, gosto muito de molhos com iogurte.
    bjssss

    ResponderEliminar
  7. Os molhos com iogurte é muito bom, com menta, nunca experimentei.Que bom.

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Isto deve ser muita bom! Assim derrepente fez-me lembrar o molho da pita shoarma. Iogurte com menta que delicia!!

    ResponderEliminar
  9. o aspecto esta lindo!! mas eu nao ia gostar da menta de certeza!!! beijokas

    ResponderEliminar
  10. Pelo aspecto deve ser optimo mesmo :-P

    ResponderEliminar
  11. Obrigada pelas palavras carinhosas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Agradeço a todos o tempo que disponibilizaram para deixar uma mensagem neste cantinho! Pois nem só de publicações vive um blog.